Livros Estrangeiros

Resenha: O diário da princesa

O Diário da PrincesaTítulo: O diário da princesa

Autora: Meg Cabot

Sinopse: Mia é uma adolescente como qualquer outra mas, um belo dia, sua vida vira de cabeça para baixo. Normalmente ela só vê o pai no Natal. O pai é na realidade um prí­ncipe, e descobre que não pode ter mais filhos. Mia torna-se a única herdeira do trono de Genovia, transformando-se numa celebridade. Mas descobre que a vida de uma princesa pode ser muito dura. O livro se transformou em filme nas mãos do diretor Garry Marshall e conta com a participação de Julie Andrew e Anne Hathaway.

Achei o livro muito fofo! A meiguice já começa com a capa do livro rosinha e segue pelo formato do livro que lembra muito um diário (dando aquele gostinho de estar lendo os segredos de alguém!) e  depois com a personagem principal que demonstra de uma forma bem divertida o universo feminino de uma adolescente.

A graça do livro é que a personagem principal, Mia de quatorze anos, ao contrário da maior parte das garotas de sua idade, não se sente muito atraída pelo glamour da fama e não cuida muito de sua aparência e de repente ela se torna uma princesa, rodeada de pessoas e com varias tarefas reais para cumprir.

Mia estuda no colégio Albert Einstein High School, em Manhattan, com sua melhor amiga Lilly Moscovitz e ao longo da história, Mia aparenta gostar de Michael Moscovitz, irmão de Lilly.

Sua vida estava uma confusão, como seus pais eram separados, sua mãe vivia trocando de namorado e “cara” da vez é Frank Gianini, seu professor de álgebra, matéria que ela não ia muito bem. E como se não bastasse, não tendo opções, seu pai conta que é rei de Geonovia e no caso de sua falta, Mia é a herdeira do trono pois ela é a única princesa.

Ao contrário de muitas garotas, ela não gosta da ideia e se vê obrigada a frequentar aulas de princesa com sua avó, Grandmmére, que acaba transformando-a “numa cópia” de Alana, a garota mais exibida e irritante do colégio, o que é um choque para Lilly já que Mia não havia contado nada disso à ela.

O desfecho é surpreendente e deixa aquele gostinho de quero mais… E se você for um leitor compulsivo, cuidado! Mantenha as mãos longe do mouse para não sair comprando os próximos livros sem pensar em suas finanças… Pois o fim do livro vai te deixar louquinho pra devorar os demais livros da série!

A história também possui um filme chamado “O diário da princesa 1” ( e também tem o segundo filme, baseado no segundo livro da série) e eu como boa leitora que sou, li o livro primeiro para depois assistir. Para quem ainda não assistiu o filme e nem leu o livro, recomendo ler o livro antes. Mas porque ler antes? Porque é mais divertido poder imaginar os personagens e cenários de seu jeito e depois “brincar de comparar” com a visão da história criada pelos produtores do filme.

Encontrei o trailler do primeiro filme, somente em inglês, mas acho que tá valendo, né?!

lena rico

Leia a resenha do próximo livro da série: A princesa sob os refletores.

Fashion Blogging formada pelo Centro Universitário Belas Artes, tecnóloga em Sistemas para Internet pela Fatec e Especialista em Produção de Conteúdo para Web certificada pela Rock Content

7 Comments

Deixe uma resposta