Resenha: A princesa sob os refletores

a princesa sob os refletoresTítulo: A princesa sob os refletores – O diário da princesa

Autora: Meg Cabot

Sinopse: Depois de tantas reviravoltas, Mia acredita que as coisas estão acalmando-se. Ela continua tendo aulas de bons costumes com a avó aristocrata, ou “sessões de torturas”, como diz, vê a avó vestindo seu bichinho de estimação com casacos de pele de chinchila e usando delineador permanente tatuado nos olhos. 
Até que, um dia, é informada que será a atração principal de um dos programas de entrevista mais populares dos Estados Unidos. Para completar, sua mãe está grávida de seu professor de álgebra e a própria Mia não consegue mais esconder sua paixão pelo irmão de sua melhor amiga, Michael.

A princesa sob os refletores é o segundo livro da série, quem leu o primeiro livro ( O diário da princesa) já conhece o formato dos livros e sabe que a linguagem e anotações fazem lembrar mesmo um diário. Assim como o livro anterior esse me deixou muito curiosa,  rindo sozinha durante a leitura e assim que acabei de ler fiquei morrendo de vontade de ler o próximo urgentemente! Acredito que a maioria das garotas, adolescentes ou não, vão adorar ler a história.

Enfim, vamos parar de babação e vamos a resenha.

Depois de tudo que já aconteceu, Mia acredita que a situação está realmente se acalmando. Ela já está aceitando melhor o fato de ser princesa de Genóvia, ter de frequentar as lições de princesa de sua avó após as aulas e o namoro de sua mãe com seu professor de álgebra.

Mas é então que surgem novos obstáculos: sua mãe está grávida de seu professor, Frank Gianini e eles planejam se casar. Grandmère agendou uma entrevista para Mia em um dos programas mais badalados dos E.U.A. E ela começa a receber declarações de amor anônimas de um tal JoCrox!

Sua mãe se casar com seu professor é uma situação constrangedora mesmo. Ter de aparecer na TV em uma entrevista em um dos programas com mais audiência, também é embaraçoso. Agora um admirador secreto, não seria tão ruim assim, né? Aí que se engana. Quem leu o primeiro livro sabe da paixão platônica de Mia  por Michael, irmão de sua melhor amiga Lily Moscovitz e eis que estás o problema: e se JoCrox não for ele? E se for o garoto desajeitado do chili???

Pra piorar ainda sua situação, Gradmère decide preparar o casamento de sua mãe, contra a vontade desta, que apenas queria um casamento simples no cartório com seus amigos mais próximos. Grandmère convida um monte de gente famosa que Helen nem conhecia e também quem ela menos queria: Mãezinha e Paizinho. A essa altura, tudo está uma completa confusa, mas não para por aí! Ainda temos um impasse: Michael convida Mia para ir ao cinema no Dia das Bruxas com uma turma, ela fica dando “espasmos” de tanta alegria, mas não é exatamente nesta data que era o casamento de sua mãe???

lena rico

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

Um comentário sobre “Resenha: A princesa sob os refletores

Deixe uma resposta