resenha-mogli-o-menino-lobo

Resenha: Mogli o menino-lobo

Mogli o menino-loboTítulo: Mowgli o menino-lobo

Autor: Rudyard Kipling

Sinopse: Um garoto sobrevive entre as feras e a rudeza da floresta tropical. A beleza, os perigos e as lições do mundo animal são o tema deste livro. Adotado por uma loba, Mowgli cresce aprendendo os segredos da selva com seus amigos Kaa, a serpente, Bagheera, a pantera, Balú, o urso e seu melhor amigo, entre outros animais selvagens.
A floresta de Seouni localiza-se no Leste da Índia e, hoje, é protegida pelo governo daquele país. Lá, os animais que Kipling imortalizou em seu romance ainda podem ser vistos.

Mesmo depois de já ter assistido o filme umas trezentas vezes, assim que encontrei este livro não perdi a oportunidade de lê-lo. Se o filme é magnífico, imagine o livro! Aliás, como costumo dizer: “Livros são bem melhores que filmes”.

Esta história ocorre na floresta de Seouni, no Leste da Índia, onde uma família perde um de seus filhos que acaba sendo criado por uma família de lobos.

Mãe Loba e Pai Lobo ensinavam seus lobinhos em sua caverna quando percebem que Shere Kan, o tigre coxo, perseguia o filhote de homem. O filhote de homem entra na caverna e se abriga entre os lobinhos. Mãe Loba e Pai Lobo ficam olhando-o.

A Loba recusa dar o garotinho ao tigre e promete que um dia o garoto irá matá-lo. Ela pega o filhote de homem para si e batiza-o de Mowgli, que significa “A Rã”.

Mowgli é ensinado por Balú, o urso, sobre as leis da selva, mas assim que o garoto cresce ele retorna a cidade afim de conhecer seus verdadeiros pais… Será que eles se lembrarão de Mowgli depois de tanto tempo? Será que conseguirão reconhecê-lo? E Mowgli? Será que ele conseguirá se adaptar na cidade após ser “criado” pela selva?

A história é muito linda e emocionante. Mesmo que você já tenha assistido o filme, eu repito: Vale muito a pena ler o livro!

 

lena rico

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

4 comentários sobre “Resenha: Mogli o menino-lobo

Deixe uma resposta