Resenha: O gênio do crime

o genio do crimeTítulo: O gênio do crime

Autor: João Carlos Marinho

Sinopse: Este é o livro que inaugurou a turma do gordo. Seu Tomé é um homem bom, proprietário de uma fábrica de figurinhas de futebol. Existem as fáceis e as difíceis, fabricadas em menor quantidade. Quem enche o álbum ganha prêmios realmente bons. Mas surge uma fábrica clandestina que fabrica as figurinhas difíceis e as vende livremente. O número de álbuns cheios aumenta e seu Tomé não tem mais capacidade de dar todos os prêmios. Há uma revolta, as crianças querem quebrar a fábrica. Edmundo, Pituca e Bolachão, e mais adiante, Berenice, entram em cena para descobrir a fábrica clandestina. Acontece que não se trata de simples bandidos. A quadrilha é chefiada por um gênio do crime. A cabeça do gordo é posta para pensar, travando-se um espetacular duelo de inteligências, que começa pelo incrível sistema de seguir pelo avesso. Um livro que, de saída, conquistou o Brasil.

A onda em São Paulo era colecionar figurinhas de jogadores de futebol. Edmundo sai aflito da sala para conversar com Pituca, fazia um mês que só faltava uma figurinha para completar seu albúm, a de Rivelino. Então Pituca conta-lhe sobre um cambista do Largo de São Bento que vendia figurinhas caras e garantidas.

Edmundo ecomenda a figurinha e ao ir na fábrica buscar pelo seu prêmio (já que seu albúm agora estava completo), encontra vários garotos que queriam queimá-la em forma de protesto, porém Edmundo aconselha-os a irem a uma delegacia.

Seu Tomé, o dono da fábrica agradece o  garoto e pede para ajudá-lo a descobrir os falsários e é aí que Pituca, Edmundo e Gordo entram em ação para derrotar a tal fábrica clandestina.

Pra mim não só está, como todas as história referentes a “Turma do Gordo”, são maravilhosas, divertidas e surpreendentes! Super recomendado, pois se arrepender aqui, só se você não ler. E se você ainda não leu nenhuma das história do Gordo, comece por está (que por sinal é a primeira), pois mesmo ela tendo o clima de suspense, mistério, partes engraçadas, ela ainda consegue terminar de forma muito comovente.

Sim, este também é um dos livros que eu recomendaria pra quem ainda não pegou o gosto pela leitura… Assim que você começar lê-lo não irá querer parar mais!!!

 

lena rico

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

2 comentários sobre “Resenha: O gênio do crime

  1. eu me chamo kimbertly eduarda amem o livro eu li duas vezes e agora eu vou ler sangue fresco o livro da berenice e berenice detetive

Deixe uma resposta