O jardim secreto

filmeojardimsecretoO filme se baseia no livro homônimo embaralhando completamente os acontecimentos originais da obra.

Mas como assim?

Acontece que no filme Mary já adulta, me deu a impressão que ela representou o papel da falecida esposa de Craven. Ela  é dona de uma mansão com cem quartos (assim como no livro), a qual usa como orfanato para trinta crianças e que contém vários jardins, um deles o próprio jardim secreto.

No filme Mary vai para Inglaterra escolher mais uma criança para levar para seu orfanato nos E.U.A. e conhece Lizie, (uma personagem que não existe no livro, mas que parece ter sido criada para cobrir o papel da verdadeira Mary).

Mary fala para Lizie sobre o jardim secreto e a envia para lá, enquanto continua a resolver alguns assuntos pessoais que não são revelados na longa metragem. Durante o tempo que Mary está fora, Marta fica responsável por cuidar do jardim secreto e está em posse da chave. Não encontrando a porta mágica, Marta manda o jardineiro chamar os pedreiros para construir uma porta de emergência.

O orfanato de lady Mary é cheio de crianças, entre elas uma menina maldosa, que mesmo com pouca idade, parece ser fumante. Um garoto estudioso, que representa o papel do primo de Mary, Colin, no entanto no filme, o menino não apresenta nenhum tipo de deficiência, não tem nenhum grau de parentesco com Mary e gosta dela. Há também mais um garoto, um loiro que também gosta de Lizie e a pede em namoro.

Lizie rouba a chave da porta mágica do jardim e a raposa ajuda-a encontrar a porta. Ela entra no jardim e fica pensando o que poderia fazer para que o jardim, aparentemente morto, voltasse a vida. Ao sair ela vê que estava havendo um incêndio em um dos quarto e vai ajudar.

Marta repreende os garotos e acaba descobrindo que Lizie havia roubado a chave. Após conversar com a garota, a velha senhora (velha, sim! No livro sempre imaginei Marta como um senhora doce e legal, mas a interpretação do filme conseguiu apagar essa boa imagem da minha mente), enfim, Marta decide que Lizie deve ser a guardiã da chave até que lady Mary retorne.

Lizie recebe uma muda da flor de sua mãe, enviada por Mary e corre plantá-la no jardim secreto. Como guardiã do jardim, a garota decide abrir a porta do jardim para que todas as crianças possam entrar e brincar quando bem entenderem e em segundos após as crianças começarem a brincar o jardim que estava seco e murcho, se recupera magicamente.

Achei esse final um pouco viajado. No livro num se resume tudo “a mágica” , no livro a pequena Mary vai dias e dias seguidos acompanhada de seu primo Colin e suas ferramentas de jardim, e cuidam para que ele se recupere. O livro é mais legal porque tem aquele lance de mágica que fica implícito, mas fica nítido que tudo necessita de esforço e trabalho em conjunto para que mude e dê certo.

image10

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

Deixe uma resposta