Resenha: O diário de Bridget Jones


Livros Estrangeiros / sábado, julho 27th, 2013

odiariodebridgetjonesTítulo: O diário de Bridget Jones

Autor: Hellen Fielding

Sinopse: Livro que inspirou o filme estrelado por Renée Zellweger. O romance relata um ano na vida de Bridget Jones, uma mulher solteira, de trinta e poucos anos, que luta com todas as forças para emagrecer, encontrar um namorado, parar de beber e largar o cigarro. Uma história aparentemente comum, mas narrada em estilo impecável e extrema sensibilidade. Numa demonstração de acuidade, a autora tira do cotidiano de uma balzaquiana a matéria-prima para um livro memorável.

Num sei se é porquê está frio por aqui, porquê eu estou gripada e parecer que meu cérebro está congelando, mas achei O diário de Bridget Jones um tanto quanto sem sal e sem açucar… Sério. Ela lembra muito o enredo de O garoto da casa ao lado, porém ainda prefiro a maneira como Meg transmite a história. Talvez seja só a mera opinião de uma adoentada, então não custa nada dar uma chance ao livro, né?

O diário de Bridget Jones conta história de uma mulher que passou dos trinta anos e ainda está solteira, enquanto seus amigos estão em seus relacionamentos e uns inclusive com filhos.

Seus pais e os amigos deles ficam empurrando-a  para cima de Mark Darcy e qualquer homem que pareça um bom partido, no entanto, vamos se dizer que Bridget é daquelas mulheres com “dedo podre”… Ela só se interessa pelos caras errados.

Ela também não é o tipo de mulher certinha… Ela bebe, fuma, não sabe cozinhar direito…. E não combina em nada com Mark Darcy. Além disso, Bridget vive fazendo regime, ela possui alguns quilinhos a mais e não está conformada com eles… Quer a qualquer custo chegar aos quarenta e oito quilos mesmo que esse não seja o ideal para ela.

Como se não bastasse, seus pais se separam e sua mãe começa a agir como uma mocinha de dezesseis anos desmiolada e todo mundo é convidado para a festa de sua melhor amiga, Rebecca, e ao que parece, ela não.

Está chegando a época de Natal, Bridget está se sentindo muito solitária e excluída… Eu já passei alguns dias com ela, que tal você fazer companhia a ela também?

PS: Revirando a internet encontrei o trailler do filme inspirado no livro e fiquei muito animada para assistir… Ao menos o trailler me chamou atenção… Vou deixá-lo abaixo para que vocês possam conferir.

*O livro resenhado pode ser encontrado na Biblioteca Municipal de Jales.

Fonte: imagem, sinopse

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

Deixe uma resposta