Resenha: Caninos Branco

Título: Caninos Branco

Autor: Jack London

Sinopse: Parte lobo, parte cão, Caninos Brancos é vendido por seu dono índio ao perverso Beleza Smith. Sofrendo mil tormentos, o animal aprende que para sobreviver é preciso adaptar-se sempre e sempre. Nesta aventura clássica, Jack London mais uma vez traça um empolgante paralelo entre bicho e homem, natureza e civilização.

Dois homens acampavam no Wild, Bill e Henry. Eles andavam preocupados, pois uma loba atraia sues c~ães até os lobos, que os comiam. Bill e os cães morrem, e Henry fica dentro de um circulo de fogo para conseguir sobreviver.

Logo os lobos vão embora, pois encontram uma região farta de alimentos. Um jovem líder lobo, de aproximadamente três, e um velho lobo caolho, disputam a loba, que é na verdade, uma cadela. Caolho vence e põe a brincar cegamente como nunca.

Tempo depois, os lobos começam a procurar por algo, e em seguida, nascem seus cinco filhotinhos. No entanto, apenas um era parecido com Caolho, cinza e forte. O pai lobo acaba morrendo na captura de um lince para mãe loba e seus filhotes.

Certo dia, o lobinho foi capturado por índios, que acalmam a cadela, chamando-a de Kiche. Pegam o filhotinho para eles e o batizam de Caninos Branco, devido aos seus dentes caninos. Kiche fora vendida e Caninos Branco fora fiel ao seu dono, Castor Cinzento, mesmo brigando com Lip-Lip e matando cães alheios.

Na época de fome, o lobo vai para floresta   e ao voltar, fora cão de trenó, depois traído e vendido a Beleza Smith, um perverso. Usado como cão de luta quase até a morte. Fora salvo por Weendon Scott, que passou a ser seu novo dono.

Com Weendon, Caninos Branco aprendeu a amar e defender o dono cegamente a qualquer momento. Em uma viagem ao Sul, Weendon foi  obrigado a levar Caninos, pois longe do dono, ele ficava doente e por muito tempo, morreria.

Weendon conseguira domesticar o lobo, que agora era um cão. No Sul, Caninos conhece uma cadela Collin, com quem começa a se entrosar. Jim Hall foi condenado pois Scott, velho juiz, e ao fugir, jurou matá-lo. Caninos Branco ataca Jim, matando-o e quase morrendo junto.

Em frente ao porta de casa, Collin e seus filhotes correm em encontro a Caninos. Eles haviam corrido como Kiche, sua mãe, havia corrido com Caolho, um dia…

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

2 comentários sobre “Resenha: Caninos Branco

    1. Não, Victor. O juiz Scott é o pai de Weedon Scott. Caninos Branco salva a vida do juiz, quando Jim Hall tenta matá-lo.
      Espero ter respondido à tempo.
      Beijnhos ^-^

Deixe uma resposta