Resenha: A princesa apaixonada


Livros Estrangeiros / quarta-feira, setembro 4th, 2013

Título: A princesa apaixonada

Autora: Meg Cabot

Sinopse: A PRINCESA APAIXONADA é o terceiro volume da série iniciada com O diário da princesa, romance que deu origem à superprodução dos Estúdios Disney estrelada por Julie Andrews e Anne Hathaway – e um dos lançamentos mais vendidos pela Editora Record em 2002. Depois de sermos apresentados a Mia, uma adolescente normal que descobre ser, na verdade, a princesa Amelia Mignonette Grimaldi Thermopolis Renaldo, da Genovia, acompanharmos suas aventuras entre aulas de álgebra, lições de etiqueta e a fama repentina, é a vez de testemunharmos seus primeiros passos no universo da paixão.

Nos Estados Unidos, A PRINCESA APAIXONADA chegou rapidamente às principais listas de best sellers, nas quais permaneceu por várias semanas, sendo considerado o melhor dos três livros de Cabot. A voz da personagem principal continua cativando adolescentes do mundo inteiro e a trama está mais deliciosa e divertida, repleta de referências à cultura pop americana. 

Em A PRINCESA APAIXONADA, Mia divide seu tempo entre três coisas: a preparação para sua irritante entrée na sociedade genoviana, sob a direção de uma não menos irritante avó; os congestionamentos de Manhattan, em Nova York, e as elaboradas desculpas para escapar de Kenny, seu namorado. Afinal, Mia, na verdade, está apaixonada por outro rapaz. 

O livro é uma indiscreta espiadela num mundo totalmente selvagem. Cada página, o resumo perfeito das agruras e neuroses dos adolescentes. Desde amores não-correspondidos, até dias de cabelo ruim, passando por dúvidas existenciais e movimentos para salvar o planeta. Não esquecendo conflitos nada clássicos com os pais – a mãe de Mia está grávida de um de seus professores e o pai insiste que ela ande numa limusine com seguranças -, festas de arromba, roupas e ensaios para beijos franceses.

Eu amei e literalmente devorei este livro… Li tudo em 1hs e 20 min!!!

Assim como os diários anteriores de Mia, o terceiro livro da série conta com uma capa bem fofa e a linguagem muito simples e adolescente, o que torna os livros com um  “ar de diário mesmo” e deixa a história muito mais divertida.

Em “A princesa apaixonada”, Mia descobre que nossos desejos podem ser bem perigosos ao se tornarem reais… Ela havia desejado um namorado durante anos, imaginado diversas vezes como seria seu primeiro beijo e agora que tinha um namorado, não estava nem um pouco satisfeita e vivia fugindo dos beijos dele.

Seu grande problema, é que seu namorado é o Kenny. Isso mesmo, o Kenny das aulas de biologia!

Não que ele não fosse legal ou que ela não gostasse nenhum pouco dele… Acontece que como sua amiga Tina havia lhe dito, Kenny não era Michael e ponto final.

No entanto, o desconforto de Mia piora quando Kenny se declara para ela pelo celular, deixando-a completamente atônita. Ainda sem acreditar no que ele dissera, ela resolve se abrir com sua melhor amiga, Lily, que a trata-a com apatia. Os sentimentos de Mia já estavam bem confusos e se agravam ainda mais quando toda a escola fica sabendo que ela não deixava seu namorado beijá-la.

Em meio a tudo isso, Mia tem de estudar para marota de provas finais, tem de decidir se e quando irá por fim em seu relacionamento desastroso com Kenny, fazer seus preparativos para sua viagem à Genovia e torturar-se durante horas consecutivas com o suposto namoro de Michael Moscovitz com Judith do Clube do Computador.

Avaliação:

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

Deixe uma resposta