Resenha: Jogos Vorazes

Título: Jogos Vorazes

Autor: Suzanne Collins

Sinopse: Katniss escuta os tiros de canhão enquanto raspa o sangue do garoto do distrito 9.

Na abertura dos Jogos Vorazes, a organização não recolhe os corpos dos combatentes caídos e dá tiros de canhão até o final. Cada tiro, um morto. Onze tiros no primeiro dia. Treze jovens restaram, entre eles, Katniss. Para quem os tiros de canhão serão no dia seguinte?…

Após o fim da América do Norte, uma nova nação chamada Panem surge. Formada por doze distritos, é comandada com mão de ferro pela Capital. Uma das formas com que demostra seu poder sobre o resto do carente país é com Jogos Vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela televisão, em que um garoto e uma garota de doze a dezoito anos de cada distrito são selecionados e obrigados a lutar até a morte!

Para evitar que sua irmã seja a mais nova vítima do programa, Katniss se oferece para participar em seu lugar. Vinda do empobrecido Distrito 12, ela sabe como sobreviver em um ambiente hostil. Peeta, um garoto que ajudou sua família no passado, também foi selecionado. Caso vença, terá fama e fortuna. Se perder, morre. Mas para ganhar a competição, será preciso muito mais do que habilidade. Até onde Katniss estará disposta a ir para ser vitoriosa nos Jogos Vorazes?

Eu sei que prometi ler este livro após terminar O Morro dos Ventos Uivantes, mas simplesmente não consegui resistir. Resolvi lê-los paralelamente, mas acabei deixando o livro da Emily Brontë de lado (risos). Não que ele seja ruim, ao contrário ele é muito bom, mas Jogos Vorazes é viciante, é um daqueles livros que você começa a ler calmamente e quando percebe está tão presa com o enredo que não consegue mais largá-lo. Esse foi o livro que me fez ficar acordada até tarde da noite imaginando o destino de Katniss.

Bem, também tenho que admitir que já havia visto o filme homônimo e já tinha uma certa ideia do que poderia acontecer ao desenrolar da história, mas apesar disso, a magia da leitura continuou a mesma. Adoro livros assim.

Suzanne Collins nos envia para a incrível jornada de Katniss Everdeen, no país de Panem. A menina passa poucas e boas, mas mantém a esperança e junta forças quando está enfraquecida, para proteger o seu rei (ai ai ai lembrei de Naruto agora, onde o rei seria as pessoas amadas a serem protegidas 🙂 ). É ela que sustenta sua família, irmã e mãe, enfrentando os perigos da floresta ao redor do Distrito 12 para colocar comida na mesa, desde a morte trágica do seu pai.

Katniss e a família vão sobrevivendo dia após dia, até chegar o dia da colheita, onde serão escolhidos dois jovens: uma menina e um menino, para serem enviados à Capital e disputar uma batalha sangrenta. Então algo inesperado acontece: sua irmã Prim é a escolhida.

Katniss não suporta essa ideia e se oferece para participar dos Jogos Vorazes, um torneio onde 24 jovens lutam até a morte,  no lugar da irmãzinha mais nova. Peeta, o filho do padeiro que certa vez ajudou Katniss a mudar de vida e a sobreviver, também é escolhido e juntos os dois iniciam uma jornada  horripilante, onde lutarão cada segundo por suas vidas, ao mesmo tempo em que os habitantes da Capital ficam eufóricos com mais um capítulo do show de horrores: Os jogos.

Nesse ponto, já sabemos que Katniss é uma sobrevivente, uma lutadora, mas será que isso será o suficiente para sobreviver um dia após o outro nos Jogos Vorazes? Embarque nesta aventura e descubra você mesmo.

Que os Jogos Vorazes comecem!!!

 

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

3 comentários sobre “Resenha: Jogos Vorazes

  1. Legaal xD
    Depois de ler a resenha decidi colocar Jogos Vorazes como próximo na minha lista de leitura, hehe *-*

Deixe uma resposta