Resenha: A Sombra da Serpente


Livros Estrangeiros / sexta-feira, Janeiro 10th, 2014

Título: A Sombra da Serpente – As Crônicas dos Kane – Livro 03

Autor: Rick Riordan

Sinopse: Sadie e Carter são importantes descendentes da Cada da Vida, uma sociedade secreta de magia estabelecida no Egito ainda no tempo dos faraós. Os irmãos sabem que sua herança ancestral lhes reserva um importante papel: seus poderes são fundamentais para a restauração do Maat, a ordem do mundo. Mas, uma vez instalado, o Caos é imprevisível, incalculável e incontrolável, e agora que Apófis está livre os Kane têm somente três dias para evitar que a serpente destrua o planeta. Como se isso não bastasse, a sorte deles parece só piorar.

Os magos estão divididos. Alguns deuses egípcios estão enfraquecendo e, um a um, começam a desaparecer. Walt, um dos mais talentosos combatentes da Casa do Brooklyn, foi amaldiçoado, e sua energia vital está se esvaindo. Zia agora é responsável por Rá, o deus sol, que está completamente senil e não será de grande ajuda. Sadie e Carter, ao lado de alguns jovens magos e uns poucos aprendizes, são os únicos dispostos a enfrentar a serpente e salvar o mundo.

Os diálogos divertidos e comentários característicos da narrativa de Rick Riordan, seus monstros memoráveis e um elenco variado de parceiros e inimigos garantem emoção e reviravoltas de sobra ao épico encerramento de As Crônicas dos Kane.

Com a volta de Apófis o Fim do Mundo torna-se inevitável, agora, é só uma questão de tempo até ela sair do Duat e invadir o mundo real.

A sorte é que os irmãos Kane já tem uma certa experiência em realizar missões em curto prazo, e dessa vez também não será diferente. Entretanto, as coisas estão muito mais complicadas do que isso, Rá está acordado novamente mas em péssimas condições, do que adiantaria um velho gagá na batalha final contra o Caos?? Walt carrega uma maldição poderosa, e a cada dia que passa seu sofrimento aumenta e seu prazo se esgota, como Sadie lidará com isso? Ao mesmo tempo Zia está distante de Carter e ele procura uma forma e encurtar essa distância.

Ainda temos um bando de magos malvados do lado oposto da Casa da Vida, tentando de todas as formas acabar com os Kane. Ah! Detalhes, Sadie e Carter tem poucos aliados dispostos a ajudá-los na luta e precisarão contar com as crianças da Casa do Broklin e alguns deuses.

Esse último livro foi muito emocionando, de diferentes formas. Eu, particularmente, estava curiosa com qual dos meninos Sadie iria escolher: Walt ou Anúbis. Mas Riordan deu um desfecho totalmente diferente para esse triângulo amoroso, que eu achei legal, apesar de ser confuso e não fazer muito sentido.

O final do livro também foi confuso, teve algumas partes que achei que não se encaixaram muito bem, por exemplo: Se a deusa gata Bastet passou muito tempo duelando e empatando com Apófis, porque ela precisou da ajuda de outros deuses para lutar com ela novamente e, mesmo assim, perdeu? Mesmo com a ajuda do próprio Rá (que já não estava senil), Rá então não deveria ser o Rei dos deuses já que, mesmo com ajuda, não conseguiu deter o Caos. Estranho não acham?

Bem, mesmo com essa confusão final eu ainda achei o livro maravilhoso, foi muito bom ler e recordar um pouco da mitologia egípcia, adorei essa trilogia =D.

Agora estou louca para comprar e ler o livro O filho de Sobek, um conto que reúne os grandes heróis Percy (Percy Jackson e Os Olimpianos) e Carter Kane e dois mundos diferentes se chocam 🙂 , deve ser maravilhoso.

Bem, é isso aí. Eu recomendo essa trilogia, tem doses de humor, aventura, luta e até romance. Vale muito a pena ler =D

Leia também as resenhas dos livros anteriores: A Pirâmide Vermelha e O Trono de Fogo

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

Deixe uma resposta