Conta pro tio Guglê. Conta!

Você foi assaltado. Seu blog invadido, seu conteúdo roubado… E você não me escutou quando lhe indiquei o DMCA imaginando que isso nunca fosse lhe acontecer… E agora? quem poderá lhe defender???

Embora as coisas não sejam as mais simples possíveis, há uma solução viável: contar para o tio Google! Isso mesmo, conta pro tio. Conta!

Como fazer isso?

Primeiramente, saiba identificar o que realmente é um plágio.

Plágio:

Conceito: Ato de copiar ou assinar uma obra alheia, seja integral ou parcial, sem creditar e referenciar devidamente o autor original, alegando explicita ou implicitamente ser de sua autoria.

Formas: 

  • Integral: cópia de um trabalho inteiro, sem citar a fonte.
  • Parcial: texto resultante da seleção de parágrafos ou frases de um ou diversos autores, sem menção às obras.
  • Conceitual: utilização da essência da obra do autor expressa de forma distinta da original.

Após identificar o problema, tente resolver pacificamente:

Tire um print scream do conteúdo plagiado (para se prevenir, futuramente talvez seja necessário), entre em contato com o plagiador e informe-o sobre o erro. Diga para ele que você se sente incomodado com o ocorrido e peça para que ele referencie a sua obra devidamente, ou se for o caso, peça que retire o conteúdo plagiado. Sim, você tem o direito de fazer isso!

Se não der certo por bem, tente por mau:

Você avisou a pessoa em questão, pediu educadamente para que retirasse o conteúdo e ela não retirou. E aí? Liberte seu lado mau.

Informe ao Google sobre ocorrido. Denuncie! Assim o Google poderá retirar a página plagiadora dos resultados de pesquisa.

Clique aqui para ver o passo-a-passo de como denunciar plágio ao Google 

ou

Denuncie plágio ao Google agora mesmo

Fonte: Gerenciando Blog, Leitora Viciada, Espaço Blog

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

Deixe uma resposta