Resenha: Bruxos e Bruxas

Título: Bruxos e Bruxas  — 1º Livro da série
Autores: James Patterson e Gabrielle Charbonnet
Editora: Novo Conceito
Nota: 5/5

Sinopse: É como entrar em um pesadelo. Do nada, você é retirado de sua casa, preso, e acusado de bruxaria. Parece século 17, mas é o governo da Nova Ordem, e está acontecendo agora!

Sob a ideologia da Nova Ordem, O Único Que É O Único mantém seu poder à força, sem música, nem internet, nem livros, arte ou beleza. E ter menos de 18 anos já é motivo suficiente para que você seja suspeito de conspiração.

Os irmãos Allgood estão encarcerados nesse pesadelo e, para escapar desse mundo de opressão e medo, terão que contar um com o outro e aprender a usar a magia.

Do autor best-seller James Patterson, Bruxos e Bruxas é uma saga para se ler… antes que seja tarde.

Bruxos e Bruxas
Best-seller #1 do The New York Times e da Entertainment Weekly

James Patterson
Vencedor do prêmio “;Autor do Ano”; por júri popular

Adicione o livro no skoob

Para começar, esta capa é perfeita 😀 Ela possui alto-relevo e essas cabecinhas saindo do fogo, na letra B,  ficou um show. O livro é narrado em 1º pessoa pelos irmãos Wisty e Whit e os capítulos são curtos e divididos por parte, senão me engano são 5 partes mais o anexo no fim do livro: Trechos da Propaganda da Nova Ordem.

Eu fui pega de surpresa por esse livro, eu não fazia muito ideia do que se tratava; ainda não havia lido a sinopse e nem as críticas do mesmo. Me prendi à história logo no prólogo, que é também o fim do livo, ou seja, o livro inteiro narra como os personagens chegaram naquela situação.

Wisty e Whit tem sua casa invadida no meio da noite por vários soldados e são acusados de bruxaria e levados à força, seus pais nem puderam fazer nada para ajudá-los. Eles são levados para uma prisão, onde são julgados perigosos e condenados à morte por forca; como a idade mínima para execução é 18 anos, os irmãos são levados para o Hospital, um lugarzinho medonho que foi totalmente reformulado para ser à prova de feitiçaria, e lá serão mantidos até o dia da execução.

O mundo que eles conheciam já não é o mesmo, uma organização política intitulada Nova Ordem está no Poder e seu lema é “Limpar tudo”, eles fazem uma série de proibições e perseguem crianças e adolescentes que não seguem a ‘Ordem’, levado-as para prisões, onde são torturadas e até aniquiladas. São tratadas como lixos, vistas como vírus pela nova sociedade que eles estão criando. Na realidade, eles morrem de medo das crianças, de medo da mudança que elas poderão trazer.

Nessa sociedade o poder está nas mãos dos Únicos, ex: o Único Que Julga; mas todos são obedientes ao Único Que É O Único, e é este que está particularmente interessado na captura e na execução dos irmãos Bruxos; já que uma profecia diz que dois irmãos Bruxos, com poderes inimagináveis, estão predestinados a serem os libertadores; por acaso Wisty e Whit parecem encaixar perfeitamente nesta profecia. 

Bem, o que estou esquecendo de dizer é que, depois de serem surpreendidos no meio da noite pelos soldados na N.O., os irmãos adquirem uns certos poderes, que vão nos surpreender e surpreendê-los também, pois eles não faziam a mínima ideia que eram mesmo Bruxos.

Durante a leitura, pensei assim: Será que esse livro foi inspirado na teoria de conspiração dos Illuminati? Provavelmente essa foi a intenção; por isso melhor tomarmos cuidado com essas coisas, imagina só isso tornar-se verdade? Ai credo!!

O livro também me surpreendeu no quesito crueldade, adultos machucando crianças sem o mínimo arrependimento, o que me lembrou da saga Jogos Vorazes, que também amei, e que conta como crianças são obrigadas a lutarem até a morte pelas suas vidas.

Bruxos e Bruxas está recheado de suspense, ação, fantasia e o que deixou tudo muito bem: Humor. Em determinada parte eu achava que o livro ia ficar ruim, pelas quantidades de esquisitices que os autores colocaram — uma novidade atras da outra — mas o Humor intrinsecamente ligado a tudo deixou o livro muito leve e mega agradável. Li rapidinho, super recomendo para ler antes de dormir.

Atualmente três livros dessa série já foram publicados no Brasil, os próximos são: O Dom e O Fogo; assim que possível estarei devorando esses dois 🙂

Veja o book trailer, tãaao kawaii 🙂

Veja algumas fotos do livro e alguns quotes >.<

*Clique nas imagens para ampliá-las

PS: Os direitos para uma adaptação já foram adquiridos, então em breve teremos o filme *-*

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

10 comentários sobre “Resenha: Bruxos e Bruxas

    1. Os comentários negativos podem sim prejudicar a nossa vontade de ler o livro, mas acho bom lermos para termos nossa própria conclusão, vai que gostamos né? Eu gostei do livro e você também poderá gostar 😉

      Em relação a ser série, eu também estava cansada delas, mas existem muiiitos livros bons que são séries, por isso resolvi dar uma chance a elas novamente 😀

      obrigada por comentar, beijos!

    1. Que legal Ketlin, também espero que você consiga ler mês que vem. O livro é mesmo bem legal e com uma leitura super fácil 🙂
      bjs

  1. Eu já vi resenhas positivas e negativas deste livro, porém tenho alguma vontade de ler porque dizem que ele é bem infanto juvenil. Espero que tanto ele quanto o Dom e o Fogo sejam legais.

    1. Ele é mesmo bem infanto juvenil, adoro livros assim; mas pelo conteúdo, ele pode encantar pessoas de todas as idades 😀

  2. Ficou demais a resenha
    Fiquei com mta vontade de ler, hehe 😀
    E tem mapa, eu gosto de livros que tem mapas, ajuda muiito xD
    Nossaa eu ri demais com o Percival Johnson, o ladrão de trovões, hahaha 😀
    A Nova Ordem parece ser bem complexa, os Únicos devem ser bem poderosos em todos os sentidos, acho q a própria palavra único enfatiza isso de certa forma, da até medo de pensar como é o Único dos Únicos, parece que quem cai na mira dele acaba passando por muita coisa.
    Despertou demais o meu interesse, gosto de livros bem humorados e que ajudam a gente a refletir, além de uma boa aventura 😀
    Espero que o filme fique tão bom quanto o livro 🙂

    1. Que bom que gostou Renan; esse livro tem muita crítica ruim, mas recomendo que você leia quando tiver oportunidade 🙂
      Aposto que vai se surpreender com os Únicos >.<

Deixe uma resposta