A garota de rosa shocking


Filmes / quinta-feira, julho 17th, 2014

Apesar de ser uma comédia romântica dos anos 80, A garota de rosa shocking (Pretty  in Pink) é um dos melhores filmes do gênero que eu já vi!

A comédia conta a história de Andie Walsh, uma adolescente pobre que estuda em um colégio da alta sociedade devido a uma bolsa de estudos e sonha em ir ao baile de formatura com algum garoto bonito e milionário. Embora o sonho de Andie seja fútil, o filme se desenrola de forma surpreendente… e grande parte da diversão devemos a Phil Duckie (Jon Cryer).

Siiiiiiiimmm!!! Se surpreendam comigo. Jon Cryer, o Alan de “Dois homens e meio” (Two and a Half Man). Desculpem tirar isso de vocês, mas eu descobri isso só depois de ter terminado o filme… e foi surpreendente demais. Não notei a semelhança enquanto assistia, mas agora que sei que era ele, comecei a juntar pecinhas… Demais, demais!

Enfim, Duckie é um garoto  excêntrico e divertido, amigo de Andie desde criança, embora também seja apaixonado por ela a muito tempo. Não foi algo dito explicitamente no filme, mas subentendi que assim como Andie, ele também fosse bolsista.

E embora os sonhos de Andie não sejam relevantes, ela é uma garota batalhadora que mantém a casa praticamente sozinha após ter sido abandonada por sua mãe. Jack, seu pai, aparece em várias cenas onde podemos ver como é a relação deles e sério, o final do filme também me surpreendeu quanto a isto. Cheguei a pensar que Jack fosse vagabundo e “n” outras coisas… Mas enfim, me surpreendi com a rápida história dele (tudo ficou mais claro na cena onde Andie discute com o pai após ganhar um vestido rosa dele e ele dizer que a mãe dela adorava esta cor).

andieblaneNo decorrer da história, Andie se relaciona com Blane McDonough, um típico “riquinho” dos anos 80, completamente perfeitinho e obediente a família, que ainda acreditava na prosperidade de um casamento arranjado.

Imagino que todos tenham noção de que nesta época misturar-se com alguém de classe social diferente da sua não era para os fracos. Era estar disposto a encarar o preconceito de todo mundo, inclusive amigos e familiares. E a história também ganha graça e consistência com isso, tornando-se uma trama incrível.

E aí? Se você ainda não assistiu, quem você acha que se tornará o par romântico de Andie? Blane ou Duckie? Só digo que eu errei 😛

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

Deixe uma resposta