Resenha: Recomeço — Cat Patrick

Título: Recomeço
Autora: Cat Patrick
Editora: Intrínseca
Nota: 5/5

Sinopse: Tudo começou com um acidente de ônibus.

Daisy Appleby era pequena demais para lembrar — tem apenas flashes do acidente que a matou, e de ter sido trazida de volta à vida. A partir daquele dia, ela se tornou uma das catorze crianças que fazem parte de um programa secreto do governo que visa aprovar um novo medicamento: o Recomeço.

Dez anos depois, Daisy, agora com quinze, já morreu outras quatro vezes. A cada morte ela recebe um novo sobrenome, vai para uma nova cidade e ganha uma nova história. A única constante em sua vida é a própria inconstância. 

É quando chega à cidade de Omaha — então usando a identidade de Daisy West — que ela conhece Matt e Audrey, seus primeiros amigos de verdade. Enquanto tenta criar raízes em mais um lar, ela começa a descobrir segredos sobre o programa Recomeço, e, quanto mais informações vêm à tona, mais Daisy percebe que não passa de um peão em um jogo sinistro, que pode revelar que seu mundo — e tudo no que ela acredita — é uma grande mentira.

Já faz um tempo que terminei de ler esse livro, só que fiquei com preguiça de fazer a resenha 😛 Mas vamos lá!

Quando abro os olhos, está claro lá fora. Muito claro. Do tipo que me faz ter vontade de jogar uma pedra no sol. Página 14

Recomeço é aquele tipo de livro super fácil de ler; não acontece coisas extraordinárias, a história vai fluindo lentamente, mas te prende de uma tal maneira que não consegui desgrudar do livro até a última página. A história de Daisy é recheada de humor e adorei a forma que a autora trabalhou com a questão da morte.

Parece que Matt é o sol e que preciso de óculos escuros: sua presença é intensa demais, preciso de um momento para me acalmar. Página 74

Daisy é uma adolescente normal ou quase isso, já que morreu diversas vezes e voltou à vida em todas elas. Ela é uma das crianças que compõe o programa Recomeço, um programa secreto que testa um medicamento capaz de enganar a morte, ou seja, revive pessoas;  junto com os agentes secretos que chama de pais ela vive mudando de cidade, cada vez que morre, e é assim que o livro começa, nos últimos momentos de vida da Daisy.

Três minutos ou três horas depois, alguém balança meu ombro. Quero protestar, virar para o outro lado e chutar a pessoa que perturbou meu coma, mas minha boca não funciona. Página 92

Com uma nova identidade, Daisy West não quer perder nenhum momento de sua nova vida, literalmente nova, e quando recebe o convite de Audrey para almoçarem juntas, no seu primeiro dia de aula, ela resolve aceitar e é ai que sua vida vai mudar completamente.

Nunca ousei nem mesmo pensar em contar a alguém sobre o programa, mas seria tão fácil abrir a boca e falar tudo agora mesmo. Página 101 

A medida que a amizade entre Audrey e Daisy se intensifica, Daisy também se apaixona pelo irmão da amiga, Matt, e sua vida enfim fica completa. Só que felicidade não dura para sempre e Daisy vai descobrir isso na pele; quando Audrey fica muito doente, Daisy começa a questionar sua vida inconstante  e a verdade por trás do programa Recomeço, será que é mesmo correto manter um projeto capaz de salvar milhares de vidas em segredo??!! Leia o livro e se apaixone por essa história também 😉

[…] Mas, nesse momento, não me importo com a aparência de Matt e sei que ele também não. Porque quando alguém morre — morre de verdade —, coisas como as sua aparência não importam mais. Página 214

Para encerrar quero mostrar essa música que é citada no livro e traduz o relacionamento entre as amigas Audrey e Daisy, espero que gostem tanto quanto eu 🙂

Beijos e até breve!

Gostou? Não esqueça de curtir e compartilhar:

Deixe uma resposta