Resenha: Os diários de Carrie

Diarios

Título: Os diários de Carrie

Autora: Candace Bushnell

Editora: Galera Record

Páginas: 400

Edição: 2010

Nota: 5/5

Sinopse: Os Diários de Carrie começa no último ano de Carrie do ensino médio. Ela e seus melhores amigos Walt, Lali, Maggie são inseparáveis. E então Sebastian Kydd entra em cena. Sebastian é um bad boy, intrigante e imprevisível. Carrie está em um relacionamento que ela sempre quis ter na escola, até que a traição de um amigo a faz questionar tudo. Com seus tempos de colégio chegando ao fim, Carrie vai perceber que chegou finalmente a hora de ir atrás de tudo o que ela sempre quis.
Os fãs de Carrie vão aprender sobre seus antecedentes familiares – como ela encontrou seu talento para a escrita, e a impressão que suas amizades e relacionamentos deixaram sobre ela.

O primeiro livro da coleção que inspirou a série adolescente The Carrie Diaries conta sobre a trajetória de Carrie Bradshaw, a famosa colunista da série adulta Sex and The City, durante sua  adolescência e fazendo de tudo para aproveitar ao máximo a companhia de seus melhores amigos e tornar seu ultimo ano na Castlebury High inesquecível.

Run to You
Walt, Carrie, Mouse e Meg em uma das cenas do seriado

A história se passa nos anos 80 em uma cidadezinha de interior com todo aquele clima pacato onde todo mundo conhece todo mundo e com tudo o que a extravagância da época nos permite imaginar… É neste cenário em que são introduzidos Carrie, Walt, Mouse, Meg e Lali, amigos inseparáveis há anos até que o bad boy lindo e imprevisível Sebastian Kydd aparece fazendo tudo girar a sua volta. Em meio aos sentimentos amorosos, Carrie precisa lidar com a perda de sua mãe, a rebeldia de sua irmã mais nova, Dorrit, a traição de uma das amiga e uma carta de rejeição que ameaça destruir seu maior sonho.

d9bf792c96ff8697_The_Carrie_Diaries_Season_2

Leve e descontraída a trama se desenvolve com naturalidade trazendo nostalgia do período escolar: amizades, intrigas, grupinhos, notas, vestibular, formatura, romances, festas e até mesmo bebidas ilícitas… Os diários de Carrie é um romance adolescente com enredo comum, mas com a perspectiva de uma personagem feminista e excepcional. Vale super a pena ler.

Gostou? Demonstre gratidão:

Um comentário sobre “Resenha: Os diários de Carrie

Deixe uma resposta