devocional-corintios 9-24

Reveja seus padrões de qualidade

Coríntios – 9.24: Não sabeis vós que os que correm no estádio, todos, na verdade, corre, mas um só é que recebe o prêmio? Correi de tal maneira que o alcanceis.

Cada pessoa estabelece para si mesma um padrão de qualidade: determinando para si o que está ruim, o que está bom e o que está ótimo.
Esse padrão se inicia na infância sob as exigências dos pais e mestres, se estendendo até ao fim de sua vida variando de acordo com as experiências familiares, sociais e profissionais.
Devemos ter consciência para valorizar o que já conquistamos, o que está bom e ao mesmo tempo rever nossos padrões de qualidade periodicamente para não deixarmos de evoluir.
Não basta ser bom, nem ótimo, é necessário buscar pela excelência e se aprimorar constantemente, pois em algumas situações, embora acreditemos ter feito o nosso melhor e ter atingindo o nosso limite — ele ainda não é o suficiente para atingir nosso objetivo.
E quando isso acontece, é comum a pessoa se entristecer e adquirir uma postura defensiva: “Já tentei de tudo, já fiz de tudo!”. Mas será que já fez de tudo mesmo? De todas as opções, deixar se levar pelas emoções negativas, tornar-se depressiva e pessimista não é nem de longe uma boa escolha.
Não é fácil, mas é nessas horas que precisamos ser fortes para controlar nossos sentimentos, olhar para dentro de nós mesmos, praticar a auto-análise, ponderar a situação em que estamos e agir racionalmente. Seja sincera consigo mesmo, você não fez de tudo. Aliás, isso seria impossível. Sempre tem algo a mais a ser feito.
Identifique onde falhou e busque aprimorar seus estudos, sua pontualidade, sua dedicação, sua bondade, sua persistência… O que for necessário para concretizar seus planos. E quando atingir suas novas limitações, não fique parada esperando ser atingida por uma avalanche de emoções negativas. Reveja seus padrões de qualidade e procure avaliar o que precisa ser feito para ser uma versão melhor de si mesma.

Deixe uma resposta