mr-robot

Mr. Robot

Sinopse: Elliot (Rami Malek) é um jovem programador que trabalha como engenheiro de segurança virtual durante o dia, e como hacker vigilante durante a noite. Elliot se vê numa encruzilhada quando o líder (Christian Slater) de um misterioso grupo de hacker o recruta para destruir a firma que ele é pago para proteger. Motivado pelas suas crenças pessoais, ele luta para resistir à chance de destruir os CEOs da multinacional que ele acredita estarem controlando – e destruindo – o mundo.

Esqueça todos aqueles filmes sobre hackers que você já viu com representações gráficas bregas e estereótipos como o homem de meia idade, tímido, solitário, misterioso, com desvio anti social que raramente é visto em sua vizinhança; ou o adolescente que sofre bulling e é ávido por video-games (como se esse detalhe o tornasse diferente de tantos outros);

mr robot hackers fsociety
Reprodução

Mr. Robot foge destes estereótipos rasos e sob a consultoria de Kevin Mitnick retrata os hackers como de fato são: pessoas muito focadas na resolução de problemas e altamente criativas. Não existe um padrão, podem ser homens, mulheres, jovens ou maduros. Cada tipo de personalidade lidará melhor com uma tática específica…

Um bom engenheiro social por exemplo seria uma pessoa extrovertida capaz de enganar as pessoas para realizar uma tarefa ou divulgar nomes de usuários e senhas. É muito menos provável que os introvertidos tenham sucesso nesse estilo de ataque, pois não possuem a confiança e as habilidades sociais necessárias para cativar suas vítimas.

Mr. Robot
Reprodução

Na série acompanhamos vários hackers, mas a história em si é contada pelo ponto de vista de Elliot Alderson, um respeitável engenheiro de segurança cibernética que trabalha para a Allsafe e é recrutado pelo líder de um grupo de hackers chamado F Society para destruir a E. Corp – o cliente mais importante da empresa em que ele trabalha e também os responsáveis pela morte de seu pai.

O enredo progride bem devagar, indo e voltando nos acontecimentos e esclarecendo os mistérios aos poucos, o que pode irritar um pouco se o telespectador não tiver muita empatia com Elliot. Apesar disto a trama, os personagens e a atuação são bem cativantes, e com certeza aqueles com conhecimento em T.I. vão vibrar com o realismo das técnicas e com os hackers da F Society.

elliot mr robot
Reprodução

Para aqueles que ficaram curiosos a respeito da consultoria prestada por Kevin Mitnick para produção de Mr. Robot, saiba que ele tornou-se conhecido por suas práticas hackers nos anos 90 ao ser procurado pelo FBI por invadir empresas como a Motorola, Nokia e Sun Microsystems.

Após cumprir 5 anos de prisão Kevin criou uma empresa especializada em realizar testes de penetração, publicou alguns livros e continua fazendo o que sempre fez bem: invadir empresas, porém agora com intenção de expor suas falhas de segurança e propor uma solução aplicável.

Deixe uma resposta