Pessoas com deficiência visual podem precisar de auxílio em atividades cotidianas, como verificar o prazo de validade de um produto ou certificar de que suas roupas combinam… E agora, através de um aplicativo, você poderá ajudar.
O dinamarquês Hans Jørgen Wilberg criou o Be My Eyes, um aplicativo de celular por onde você “empresta” seus olhos a pessoas com deficiências visuais. O aplicativo, que foi inspirado no FaceTime, funciona assim: as pessoas que precisam de ajuda para ler alguma coisa fazem um pedido, que vai notificar os voluntários com visão para ajudar na tarefa.

aplicativo para deficiente visual Be My Eyes
Reprodução

Ao aceitar o chamado, uma conexão de áudio e vídeo é iniciada e, por meio da câmera traseira do smartphone do usuário cego, o usuário com boa visão consegue visualizar e descrever o que está sendo apontado. As orientações do voluntário são feitas por escrito e o aplicativo consegue lê-las para a pessoa com deficiência visual.
E caso chegue algum chamado em um momento em que você não possa atender, fique tranquilo, o app redireciona o pedido a um outro voluntário disponível para ninguém ficar desamparado. O app é gratuito e está disponível para Android e iOS.

Bruna Silva

Bruna Silva

Lorem Ipsum is simply dummy text of the printing and typesetting industry. Lorem Ipsum has been the industry's standard dummy text ever since the 1500s, when an unknown printer took a galley of type and scrambled it to make a type specimen book. It has survived not only five centuries, but also the leap into electronic typesetting, remaining essentially unchanged. It was popularised in the 1960s with the release of Letraset sheets containing Lorem Ipsum passages, and more recently with desktop publishing software like Aldus PageMaker including versions of Lorem Ipsum.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close
Close

Bruna

dddd