Diário da gratidão o método mais simples para se sentir bem

Imagine que você foi enfeitiçada e ao acordar só tivesse aquilo pelo qual tem agradecido nos últimos dias… Sua vida ficaria igual ou pior? Pense bem. É mais comum nos focarmos naquilo que queremos e considerarmos o que já temos como garantido.

O problema disso é que muitas vezes deixamos de agrader as coisas boas que já existem em nossa vida e passamos a nos concentrar naquelas que ainda não temos.

Sempre que há um momento de gratidão, eu anoto. Eu sei, com certeza, que apreciar o que aparecer para você na vida muda sua vibração pessoal. Você irradia e gera mais bondade para si mesmo quando está consciente de tudo o que tem e não se concentra no que não tem.

Oprah Winfrey

Na contramão da sensação de falta e frustração vem o diário da gratidão: uma prática que nos condiciona a perceber, lembrar e valorizar tudo aquilo que já possuímos.

Como fazer um diário da gratidão

Durante uma semana, no mínimo, escreva três coisas que ocorreram bem e explique porque elas geraram esse sentimento. É importante anotar para obter resultados, não basta fazer este exercício mentalmente.

Conforme for escrevendo, siga as instruções:

  1. Dê um título ao evento, por exemplo: “um colega elogiou meu trabalho”.
  2. Escreva como a situação aconteceu com a quantidade de detalhes que achar necessário.
  3. Descreva como este acontecimento fez você se sentir naquele momento e como ele fez você se sentir mais tarde (incluindo agora, como você se lembra).
  4. Explique o por que você acha que isso aconteceu.

Escreva o tanto que desejar e não se preocupe com a gramática nem com a ortografia. Se você perceber que está se concentrando nos pontos negativos, volte sua atenção para os acontecimentos bons e nos sentimentos positivos que surgiram com ele.

Isso pode exigir um pouco de esforço, mas fica mais fácil conforme for praticando. Para tornar este exercício parte de sua rotina diária, algumas pessoas acham que facilita escrever durante a noite.

Exercício Comprovado

Um estudo de 2005 realizado por psicólogos instruiu os visitantes de um site a realizarem o exercício citado acima. Esses participantes demonstraram um aumento significativo da felicidade um mês após fazer o exercício e permaneceram mais felizes no decorrer de 3 a 6 meses.

Ao lembrar e listar três coisas boas que aconteceram diariamente, você vai substituindo aos poucos o descontentamento pela gratidão, gerando maior satisfação com a vida.


Referência:

Seligman, ME, Steen, TA, Park, N. & Peterson, C. (2005). Positive psychology profress: Empirical validation of interventions. American Psychologist.

Escrito por

Lena Rico

Operadora de Computador, formada em Sistemas para Internet pela Fatec e graduando Letras pela Univesp.